Como encontrar cachorros pequenos para doação?

cachorro pequeno para doação

Se você busca saber como encontrar cachorros pequenos para doação, inclusive vira-latas, tenho algumas dicas bem interessantes para te passar baseadas em minha própria experiência.

Duas das minhas três vira-latas são cães de porte pequeno, e não é por acaso.

Na época que as adotei, eu morava na casa dos meus pais e uma exigência deles era de que o cachorro não fosse grande.

Nos dois casos, eu pretendia adotar e queria que fosse vira-lata (amo!).

Além disso, precisava ser fêmea e ficar de pequeno porte.

Muitas pessoas deixam de adotar cachorros vira-lata por não saber o tamanho que irão ficar, afinal a maioria prefere cães pequenos por acreditar ser mais fácil de cuidar e por falta de espaço para ter cães maiores também.

Com medo de que fiquem muito grandes, preferem comprar um cão de raça que é aparentemente mais seguro já que sabem exatamente o que esperar.

Acontece que é possível, sim, você ter uma noção do tamanho que ficará o filhote, mesmo que seja um lindo vira-latinha.

As dicas que vou dar para encontrar cachorros pequenos para doação não são 100% seguras, até porque se os próprios veterinários não tem um método cientificamente comprovado para saber o tamanho que vão ficar os vira-latas, quem sou eu para afirmar algo.

As dicas são baseadas totalmente em minha própria experiência, pois minhas duas cachorras, a Ivy e a Layla, eu encontrei pela internet pessoas que as colocaram para adoção e analisando poucos fatores e informações pude ter 90% de certeza de que elas ficariam pequenas.

Elas não são irmãs, a Ivy  é 1 ano mais velha que a Layla, e as adotei com pessoas diferentes, de lugares diferentes.

Ivynha Cachorro pequeno preto

Fotos: Ivy (à esquerda) e Layla (à direita)

Pode ter sido sorte, mas em ambas eu acertei. 🙂

A Ivy é uma vira-lata de 7kg, peso aproximado de um Shih Tzu. A Layla, uma vira-lata de 10kg, como um Buldogue Francês por exemplo.

Tenho minhas duas pequenininhas e o mais engraçado é que mesmo elas tendo vindo de lugares tão distintos, todo mundo acha elas bem parecidas. A versão preta e a versão amarela das duas pestinhas.

Mas e aí, você quer saber como eu fiz para encontrar cachorros pequenos para doação, certo?

Como encontrar cachorros pequenos para doação

cachorros pequenos para doação

O foco dessas dicas são pessoas que queiram adotar (ou já tenham adotado) um cachorro vira-lata.

Caso você queira adotar ou comprar um cão de raça, ou tenha ganhado um cão de raça de presente, para saber o tamanho padrão basta uma rápida busca no Google com o nome da raça e suas informações.

Os valores costumam ser aproximados, já que sempre pode variar de cão para cão, mas as raças tem um padrão bem definido de tamanhos.

Já para saber o tamanho que um vira-lata irá ficar é um pouco diferente.

O cachorro pode ser descendente de uma geração de vira-latas, pode ser fruto de um pai ou mãe de raça e o outro vira-lata, ou até mesmo de pai e mãe de raças diferentes.

O vira-lata é simplesmente a mistura de duas raças ou tipos diferentes de animais da mesma espécie: canina.

como saber o tamanho de cachorro

Isso não os torna melhores nem piores que os cães de raça.

Podem ser tão ou mais inteligentes que cães de raça, mais fortes, espertos, amorosos, protetores e tudo o que qualquer cão com pedigree também pode ter.

Quem já teve mais de um cachorro sabe bem como eles tem diferentes personalidades, assim como nós, humanos, e cada um tem necessidades, qualidades e defeitos diferentes.

Então não importa se é de raça ou vira-lata, o que importa é o quanto você está disposto a dar amor, carinho e cuidado a um cachorro e, no caso deste nosso post, ele precisa ser de porte pequeno!

Então vamos às dicas para encontrar cachorros pequenos para doação.

Dica 1

Colete o máximo de informações que for possível.

Caso o cachorro esteja sob custódia de uma pessoa, pergunte se ele conhece a mãe e/ou o pai do filhote e, se sim, questione sobre o tamanho deles.

Se o pai e a mãe forem pequeno porte, são enormes as chances do cachorro ficar pequeno.

No caso da Layla, eu conheci a mãe dela no dia em que a peguei e ela era médio porte, devia pesar uns 20kg.

Porém, pelo que a pessoa falou, o pai dela era um “baixinho, pretinho, aí da rua”, o que já indicava que ela poderia ser “baixinha” também, apesar de haver o risco dela crescer e ficar igual a mãe, de médio porte.

Dica 2

As patas dizem muito!

Você já viu aqueles filhotinhos de Pastor Alemão pequenos com aquelas patas gigantes de leão?

filhote de pastor alemão

patas de pastor alemão

Repare como as patas deles são desproporcionais ao resto do corpo.

Já a de cães de pequeno porte, as patas são fininhas e bem pequenininhas, não se sobressaem.

filhote papilon pequeno porte

Foto: Filhote de Papilon, uma raça de porte pequeno

Veja como as patinhas desse filhote de Papilon, que é uma raça de cães de porte pequeno, é menorzinha e mais proporcional em relação ao corpo. Elas são menores e mais finas.

Este é um fator importante para mensurar o porte que o cachorro vai ficar, e com isso você pode encontrar cachorros pequenos para doação.

Foi isso que me levou a ter quase certeza de que a Layla ficaria pequena, já que as patinhas dela eram bem fininhas e pequenas.

Mesmo em vira-latas, o tamanho desproporcional das patas costuma ser um fator nítido principalmente quando se trata de cães de grande porte.

Dica 3

Saber a idade do filhote pode dar uma boa noção de seu porte também.

Isso porque, segundo especialistas, até os 4 meses o cachorro provavelmente terá crescido 2/3 do tamanho original que ele vai ficar quando adulto.

pastor alemão com 4 meses

Foto: Pastor alemão (porte grande) com 4 meses de idade

são bernardo com 4 meses

Foto: São Bernardo (porte grande) com 4 meses de idade

chihuahua com 4 meses

Foto: Chihuahua (porte pequeno) com 4 meses de idade

Então, se você adotar um vira-lata filhote e ele tiver mais de 4 meses, além de analisar o tamanho da pata você poderá aliar à informação de que ele já cresceu grande parte do que terá para crescer nos próximos meses, e daí conseguirá estimar o tamanho que vai ficar.

Dica 4

Adote um vira-lata de pequeno porte adulto.

vira-lata adulto

Um dos gestos mais lindos que um ser humano pode ter é adotar um cachorro adulto, e há muitos cachorros pequenos para doação adultos!

Isso porque, como as pessoas preferem pegar o cão ainda filhote por motivos diversos, muitas cães adultos abandonados acabam ficando sem destino em abrigos superlotados, e ficam condenados a uma vida infeliz e solitária.

Cachorros adultos não crescem mais, portanto ao adotar um cachorro pequeno adulto você terá a plena certeza de que ele ficará sempre daquele tamanho, e não terá problemas para abrigá-lo em sua casa ou apartamento.

E se você tem alguma dúvida de que adotar um cachorro adulto pode ser uma boa ideia, tenha a certeza de que eles também são cheios de amor para dar e tudo o que eles querem é encontrar um lar para serem cuidados e amados.

Você acha que talvez ele possa não se adaptar?

Tudo o que um cachorro adulto que só sofreu na vida deseja é encontrar um lugar aconchegante para se adaptar.

Basta mostrar a ele que você só tem coisas boas a oferecer, e ele rapidamente se tornará mais um membro de sua família, você nem vai lembrar que pegou ele já adulto e que não o viu crescer nos primeiros anos de vida.

Afinal, o tempo não importa, apenas a intensidade.

Encontre cachorros pequenos para doação

Com estes fatores que citei acima, consegui encontrar dois cachorros pequenos para doação pela internet, em anos e situações totalmente diferentes, e o resultado são minhas duas parceirinhas que já estão comigo há alguns anos.

Mas o mais importante disso tudo é: se você estiver com dúvidas ou restrições, é melhor não adotar um cachorro agora.

Se você adotar um cachorro e depois, por qualquer motivo, não puder mais ficar com ele, é pior do que se não tivesse adotado primeiro.

Os cachorros sentem muito quando são abandonados, são animais carentes que realmente se apaixonam incondicionalmente pelos seus donos, mesmo que estes não sejam os melhores com eles.

Meu namorado costuma brincar que se ele me trancar em um quarto por 5 horas, quando ele abrir eu vou querer bater nele. Mas se ele trancar uma das nossas cachorras por 5 horas, quando ele abrir elas vão querer lamber!

Os cachorros são assim, ingênuos, carentes e tem um amor incondicional pelos seus donos.

Não vamos nos aproveitar da fraqueza deles para o nosso próprio benefício.

Adote com consciência e apenas se você tiver certeza absoluta de que é a decisão certa e que você poderá cuidar dele por toda sua vida, independente de onde você irá morar ou em qual situação.

Há muitos cachorros pequenos para doação em todos os lugares, e você pode fazer como eu, que encontrei as minhas pela internet em sites de classificados!

Não gosto do fato delas terem sido anunciadas como produtos, mas ao mesmo tempo é uma boa ferramenta pois assim mais cachorros saem das ruas e são adotados por pessoas que possam cuidar deles de verdade.

A vantagem é que, em muitos casos, a pessoa que está anunciando a doação do cachorro já coloca informações de porte (baseado no porte dos pais) e procedência do bichinho, mas nem sempre isso acontece.

Quando não tiver informação nenhuma sobre o filhote, apele para a dica das patas!

Comente abaixo

comentários

Compartilhe